Colombiamoda 2017

A Drazzo participou da Colombiamoda 2017. A semana oficial de moda colombiana chegou à sua 28ª edição.

Em números, a Colombiamoda 2017 atraiu mais de 56 mil pessoas, entre visitantes e compradores (12.394, vindos de 56 países, sobretudo dos EUA, México, Equador, França, Panamá e Peru), além dos 600 expositores (de 15 países), com destaque para Portugal (4%), Brasil (2%), Peru (2%), México (1%) e a própria Colômbia (86%). Durante a feira de negócios, expositores brasileiros puderam ver de perto essas oportunidades.

Fomos destaque da matéria sobre o evento, publicada pela Revista Costura Perfeita:

A Drazzo também tem motivos para comemorar. Em 2016, a marca participou da Colombiamoda, no estande compartilhado do Brasil, e os resultados foram tão bons que, este ano, resolveu participar com um estande próprio, como revela Vinícius Henrique, diretor da marca: “Ano passado, notamos um grande interesse pela moda masculina brasileira e, por meio dessa demanda, conseguimos vários contatos, até com grandes distribuidores da Colômbia, bem como fazer pequenos negócios. Com essa visita, notamos o retorno positivo e a necessidade de estar com um estande próprio, pois, dessa forma, poderíamos trazer todo o nosso mostruário e atender melhor nossos visitantes”, conta.

Ele diz que o homem brasileiro tem demandado por peças mais elaboradas, está mais antenado com as tendências de moda, e isso se reflete na oferta e no desenvolvimento de produtos da Drazzo. O que resulta em peças de alta qualidade e com informação de moda, em especial as polos conceituais, que chamaram muito a atenção do mercado colombiano e de outros países, como Equador, Chile e Panamá.

“Nosso resultado na feira foi próximo de R$ 900 mil em vendas; porém, os principais clientes foram das alianças feitas com representantes e distribuidores; estes dois canais que consegui, creio eu, acelerarão e facilitarão nossa entrada no país. Digo isso porque as vendas para as pequenas multimarcas, que são nosso principal objetivo, seriam muito lentas sem um grande distribuidor no início; na verdade, ele tem papel fundamental neste nascimento. Vejo grandes possibilidades de negócio para o ano que vem. O acordo recente entre Brasil e Colômbia só fará aumentar as exportações para este país, uma vez que o nosso tem muito a oferecer em termos de moda”, declara Vinícius.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *